Vistoria atesta bom funcionamento do serviço ofertado no Restaurante Padre Pedro

O Restaurante Popular Padre Pedro passou por uma vistoria, nesta quinta-feira, 04 de julho. Durante o horário do almoço, uma equipe formada pelo Ministério Público Estadual, Vigilância Sanitária e Defesa Civil Municipal esteve no espaço, mantido pela secretaria de Estado da Inclusão Social na Av. Doutor Carlos Firpo, destinado à oferta de refeições para a população por apenas R$ 1,00. De acordo com a promotora de Justiça dos Direitos do Consumidor, Euza Missano, o MPE decidiu realizar a vistoria de maneira preventiva e com o objetivo de colaborar com a promoção de melhorias no local.

Promotora Euza Missano

“Temos recebido valores de dano social, uma espécie de multa aplicada a empresas por desrespeito ao consumidor, e temos feito a reversão para contribuir com serviços prestados à população. Confesso que vim achando que encontraria uma coisa, e encontrei outra. Fiquei encantada com o serviço do Restaurante Padre Pedro. É um trabalho muito bem elaborado e a equipe está de parabéns. Vamos receber os indicativos de melhorias da Vigilância Sanitária e a Defesa Civil, para ver se através da reversão desses valores, o Ministério Público pode contribuir com a melhoria do ambiente que recebe a população”, afirmou a promotora Euza Missano.

Fiscais da Vigilância Sanitária inspecionam instalações

Após uma vistoria minuciosa nas instalações da cozinha, depósito e da área de descartes da restaurante, o fiscal da Vigilância Sanitária, Carlos Alberto Santos, constatou a realização de melhorias desde a última inspeção. “Isso aqui está um brinco. Melhorou 90%. Precisa só fazer pequenas adequações, como colocar um suporte de sabonete para higienização das mãos, uma lixeira, o descarte de alguns materiais em desuso e fazer o telamento. Está bom, numa avaliação geral”, afirmou o fiscal. “Foram identificadas pequenas inadequações, que não fogem ao controle. Nada que comprometa a higiene dos alimentos. Coisas simples demais que se resolve facilmente”, completou Suely Santana Costa, também fiscal da Vigilância Sanitária.

Defesa Civil Municipal afirma que não há riscos estruturais no Restaurante

Segundo o Major Silvio Prado, coordenador da Defesa Civil Municipal, do ponto de vista da segurança das instalações, não se observou nenhum problema estrutural que implique risco para a população. “Só o fato de termos atravessado um período de chuvas intensas e não termos nenhuma goteira, já é sinal de que o telhado está em bom estado. Identificamos apenas pequenas infiltrações e vamos indicar umas melhorias em relação ao desplacamento de algumas áreas”, disse.

Usuário fala sobre a importância do serviço

Durante a vistoria, um usuário se aproximou da equipe. Wellington Conceição da Silva, de 23 anos, contou que trabalha levando retrovisores de carros e faz as refeições no Padre Pedro há muito tempo. “Eu tenho 17 anos de rua e eu como aqui desde pequeno. Eu gosto bastante da comida. É boa, o atendimento é excelente. E se não fosse o Padre Pedro, eu passaria fome”, relatou o usuário.

A inspeção foi acompanhada pela coordenadora de segurança alimentar, Tatiana Canuto; pela responsável técnica do Padre Pedro, Talita Lima; e pela diretora de Assistência Social da Seit, Inácia Brito. Segundo ela, a colaboração do Ministério Público será muito bem vinda. “Ficamos felizes em saber que o MPE está buscando se somar ao governo do Estado na promoção de melhorias no espaço. Agradecemos à promotora Euza Missano, a quem vamos repassar algumas de nossas necessidades. Os nossos usuários agradecem”, concluiu.

|Fotos: Pritty Reis

Última atualização: 4 de julho de 2019 13:45.

Pular para o conteúdo