Secretaria de Inclusão recebe inscrições para capacitação no Cadastro Único até sexta, 12

Gestões municipais de Assistência Social devem inscrever até quatro técnicos para participar

Estão abertas até sexta-feira, 12 de março, as inscrições para a “Capacitação para Preenchimento dos Formulários do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal”. Ofertada pelo Governo de Sergipe, através da Secretaria de Estado da Inclusão e Assistência Social (SEIAS), a capacitação é destinada aos entrevistadores, digitadores e operadores do sistema do Cadastro Único (CadÚnico), principalmente aos novos trabalhadores, inseridos nas gestões municipais este ano. Com carga horária de 32 horas, a capacitação será desenvolvida através da plataforma virtual Google Meet e fornecerá certificação aos participantes. As inscrições devem ser feitas através do formulário que será enviado por e-mail para os secretários municipais de Assistência Social.

Serão ofertadas 300 vagas e cada município sergipano poderá inscrever 4 (quatro) técnicos. O coordenador estadual do Cadastro Único, José Carlos Passos, destaca o objetivo da capacitação. “O intuito é explicar aos técnicos como fazer o correto preenchimento dos formulários do Cadastro Único, que possui cinco tipos de formulário. São várias informações a serem coletadas, como: identificação de condições habitacionais, deficiências, escolaridade, documentos, renda. Então, é muito importante que os municípios estejam capacitados para fazer o correto preenchimento, para que assim tenhamos uma base consistente no Cadastro Único e para que o público de baixa renda possa acessar efetivamente as políticas públicas sociais”, explicou Carlos.

Os técnicos inscritos serão divididos em quatro turmas, desenvolvidas entre os meses de março e maio. Com carga horária de 32 horas, cada turma receberá aulas virtuais durante quatro dias. Mas, antes das aulas remotas, os alunos deverão começar a desenvolver o conteúdo através de material pedagógico disponibilizado para o e-mail cadastrado na inscrição. “A capacitação começará com as atividades de ensino individualizado, através do material pedagógico disponibilizado antes das aulas. Seguindo a metodologia, as aulas virtuais posteriores abordarão os demais conteúdos para os técnicos inscritos”, informa o coordenador estadual do CadÚnico.

Ao término de cada turma, os alunos participarão de um sistema de avaliação para aferir o grau de aprendizagem sobre os processos de gestão do Cadastro Único. “Cada turma deverá ter, em média, 75 participantes. Ao final de cada treinamento, serão feitas avaliações de conteúdo e os alunos que tiverem mais de 60% de acerto estarão habilitados, e receberão a certificação da capacitação. Caso ainda não atinjam a porcentagem mínima para habilitação, o Governo do Estado ofertará novamente a capacitação para esses técnicos, em outra turma”, completa o coordenador estadual do CadÚnico, José Carlos Passos.

Foto e Card: Fernando Augusto

Última atualização: 8 de março de 2021 13:35.

Pular para o conteúdo