Secretaria de Inclusão apoia projeto de empregabilidade LGBT em Sergipe

Projeto Inclusão Arco-íris é uma iniciativa da Astra para capacitar e criar oportunidades de trabalho para pessoas LGBTs

A Secretaria de Estado da Inclusão e Assistência Social (SEIAS) será parceira do “Projeto Inclusão Arco-íris – Ações de Empregabilidade para LGBTs em Sergipe”. A iniciativa é da Associação Sergipana de Direitos Humanos e Cidadania LGBT (Astra) e tem o objetivo de promover ações de capacitação e escolaridade, além de criar uma rede solidária para oferta de oportunidades de trabalho para pessoas LGBTs no estado. A parceria foi firmada em videoconferência realizada esta semana.

Através da Diretoria de Inclusão e Direitos Humanos da SEIAS, a referência técnica de Políticas Públicas para a População LGBTQIA+, Adriana Lohanna, se integra à rede de apoio para discussão e implementação do projeto. “A SEIAS se soma, com o objetivo de contribuir na interlocução de novas parcerias e de apoiar efetivamente as ações que buscam mudar a realidade do nosso estado”, pontuou.

O vice-presidente da Astra, Rogério Fernandes, explica que o projeto visa criar ações de empregabilidade para alcançar a igualdade de oportunidades para a população LGBTQIA+ na sociedade. “Muitas dessas pessoas acabam não concluindo seus estudos ou não conseguindo adentrar no mercado de trabalho por falta de cursos e formação. Então, este projeto visa, junto a parceiros, qualificar essa população e possivelmente encaminhá-la ao mercado de trabalho, ou garantir, ao menos, a sua autonomia financeira”, pontuou.

O Brasil vive um momento com altos índices de desemprego, e as pessoas LGBTQIA+ enfrentam ainda com o preconceito e a discriminação, conforme destaca Lohanna. “Infelizmente, em Sergipe não é diferente. Durante a entrevista de emprego, muitos passam por discriminação. Ainda na escola, a maioria sofre preconceito e eclode na evasão escolar. Por falta de formação, acabam ficando marginalizados e precisando sobreviver no mercado de trabalho informal”, lamentou a referência técnica estadual para Políticas Públicas LGBTQIA+.

A reunião teve também a presença da secretária de Estado da Inclusão Social, Lucivanda Nunes, da presidente da Astra e representante da Rede Nacional de Pessoas Trans em Sergipe, Tathiane Araújo, e do assistente de comunicação do projeto, Gladston Passos. “A secretária ter a sensibilidade de nos receber, de entender e se somar nessas ações é de extrema importância para que o projeto consiga andar firme e para que, após o seu término, ele tenha continuidade com ações governamentais e privadas”, concluiu o vice-presidente da Astra, Rogério Fernandes.

Última atualização: 25 de março de 2021 19:49.

Pular para o conteúdo