Areia Branca recebe ações da Seasic na 29ª edição do ‘Sergipe é aqui’

Foram realizadas oficinas de segurança alimentar, atividades lúdicas, emissão preferencial da CIN, entre outras ações

Foto: Júlia Costa


Nesta sexta-feira, 5, a Secretaria de Estado da Assistência Social, Inclusão e Cidadania (Seasic) foi ao município de Areia Branca para as atividades da 29ª edição do ‘Sergipe é aqui’. A pasta apresentou ações das diretorias de Inclusão e Direitos Humanos, de Segurança Alimentar, Inclusão Produtiva e Cidadania e da Primeira Infância.

Pela Diretoria de Inclusão e Direitos Humanos, a secretaria ofereceu os serviços da CIN inclusiva para pessoas com deficiência (PcDs), idosos e pacientes em tratamento oncológico, que tiveram acesso à emissão da carteira de identidade na hora. Além disso, o setor levou o ‘Espaço Diversidade’, com palestras sobre o enfrentamento à LGBTfobia e atividades de inclusão pela arte com as crianças das escolas municipais. 

“O projeto Inclusão pela Arte traz a pintura em aquarela, e nesse momento as crianças precisam sair da ociosidade, dessa questão de estar muito no celular. A arte traz uma nova visão da vida, e as crianças têm a possibilidade de conhecer essa técnica maravilhosa de aquarela e socializar melhor, ter uma integração maior e conhecer temas lindos”, explica o professor de artes Eduardo Fabião.

Enquanto isso, no Cine Pop dos Direitos Humanos, as crianças tiveram um bate-papo e assistiram a filmes lúdicos sobre a importância do respeito e dos direitos humanos. Além disso, elas aprenderam sobre a Língua Brasileira de Sinais (Libras). 

“Este momento é importante para levar os conhecimentos e os conceitos de direitos humanos para a formação dessas crianças, porque ela vai crescer e vai levar com ela esses conceitos. Além disso, elas têm o poder de identificar quando, porventura, um direito delas seja violado. É uma proteção, também, falar sobre os direitos humanos específicos das crianças e dos adolescentes”, destaca a diretora de Inclusão e Direitos Humanos da Seasic, Isabel Ferreira.

Pela Diretoria de Segurança Alimentar, ocorreu a apresentação de informações e esclarecimentos sobre o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), a explanação do imagético, pescaria e grau de processamento de alimentos e a oficina de segurança alimentar. 

Logo após, a Diretoria de Proteção Social realizou a roda de conversa intersetorial para fortalecimento do Sistema Único da Assistência Social (Suas), com um espaço aberto para escuta do município, a fim de melhorar a atuação do sistema em Areia Branca. Já a Diretoria da Primeira Infância realizou uma escuta com crianças entre quatro e cinco anos para entender suas necessidades dentro do município para poder aplicar com mais eficiência as políticas públicas voltadas à primeira infância. 

“Cada escuta é diferente. Nós estamos na 29ª edição, e cada uma tem sua peculiaridade. Hoje, em Areia Branca, as crianças trouxeram uma parte do brincar que elas necessitam para o desenvolvimento delas. Então cada fala, cada desenho, cada escolha de fotos nessa dinâmica a gente reverte para o relatório que se faz um diagnóstico sobre a questão do brincar em um espaço seguro”, enfatiza a diretora de Atenção à Primeira Infância da Seasic, Helga Mengel.

Última atualização: 9 de julho de 2024 10:27.

Pular para o conteúdo